Click to visit pocast

Tuesday, October 17, 2006

Arquivo das Artes #02


Mark Rothko
Pintor norte-americano, Marcus Rothkowitz nasceu em 1903, em Dvinsky (actualmente designada por Daugavpils), na Rússia. Em 1910, emigrou para os Estados Unidos da América e frequenta a Universidade de Yale entre 1921 e 1923. Em seguida instala-se em Nova Iorque onde estuda na Art Students (1924-1926). Realizou a sua primeira exposição individual nesta cidade em 1933.Em 1940 mudou o nome para Mark Rothko. Nesta década, sob influência do Surrealismo, desenvolveu um estilo mais pessoal, abordando temáticas ligadas à religião, à mitologia e à filosofia de Jung.Depois da Segunda Guerra Mundial, Rothko abandonou a figuração, desenvolvendo uma linguagem que se integra no movimento do Expressionismo Abstracto, de que foi um dos pioneiros a par de Jackson Pollock, Franz Kline e Adolph Gottlieb.Este autor exprimia-se mais pelo uso de grandes áreas de cor do que pelos gestos ou pela dinâmica da composição que caracterizam a obra de outros pintores que formavam parte do Expressionismo Abstracto. Daí a designação da sua obra pelo termo "impressionismo abstracto" ou por "color-field painting". Os quadros "Number 10", de 1950, "Earth and green", de 1955, e "Four darks in red, de 1958, constituem um bom exemplo deste estilo. Outro dos seus trabalhos mais interessantes é a pintura "Red on Marron", de 1959, apresenta uma mancha vermelha sobre um fundo carmim, negando qualquer contraste nítido entre figura e fundo. O cromatismo contido e subtil e a sobreposição de tons muito semelhantes introduzem uma atmosfera sublime mas serena que transmite uma pesquisa paciente e medita sobre as qualidades expressivas e perceptivas da cor. Em 1961, o moseu de Arte Moderna de Nova Iorque consagrou-lhe uma vasta retrospectiva. Uma das suas últimas obras foram as pinturas realizadas para a igreja ecuménica de Houston (1967-1969).Rothko suicidou-se em 1970, em Nova Iorque.

Labels:

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home