Click to visit pocast

Saturday, October 21, 2006


Narcotic Syntax
8Em primeira instância o termo "Narcotic Syntax" marcou uma categoria textual subversiva do editor James Dean Brown. Em 1995 foi transferida para as suas produções musicais, cujas programações seguiram a linha sintáctica da sua escrita. O projecto procurava absorver a atenção e criar nos ouvintes diferentes tipos de reacções como: a surpresa, a revelação e hipnose. Em 2003 tornou-se oficial a colaboração de Yapacc com o DJ/ Produtor James Dean Brown, juntos deram formato a uma nova diligência preparada para libertar notas, sons, ruídos e pulsações futuristas, forças essas aliadas a um universo dualista extra complexo, onde moram o absurdo e as mais ínfimas emoções dos produtores. Como resultado, decretaram um método ou um contingente apropriado a uma essência musical apaixonada. O produto rítmico do conceito Narcotic Syntax foi desenhado desde então nos cenários da editora germânica Perlon, onde também prestaram algumas colaborações e assumiram produções exclusivas destinadas às míticas séries Superlongevity, que de momento marcam a quarta edição. O acompanhamento deste duo foi feito a par de Dimbiman, Pantytec, Markus Nikolai, Ricardo Villalobos, entre outros... desempenharam uma força de apoio e inspiração fundamental para a sua carreira. A música é controversa, introspectiva, fragmentada, obscura, sensual, pintalgada de vocais e palavreados soltos; é uma mescla de sons «dop» e de melodias sedutoras, o composto harmónico serve o papel de narrador activo, ele relata num balanço subversivo, possíveis histórias de amor cujos desenvolvimentos ficaram algures a cargo do inesperado e do acaso. Em 2006 (23 de Outubro) "Provocative Percurssion", título do novo EP, conta com edição numa nova plataforma da editora Perlon, uma comunidade musical (laboratório) recente chamada de WIR im Rhythmus (WE In Rhythm).

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home