Click to visit pocast

Wednesday, August 30, 2006



01.EVIL NINE/VARIOUS - Fabric Live: 28 (Fabric) [oiça aqui] Nota do editor: The virtuosic duo Evil Nine shine on 'Fabriclive 28,' an animated, alluring mix that explores the wide range and accessibility of breakbeat. Though classified as breakbeat producers, Evil Nine display their extensive knowledge and appreciation of all music genres on 'Fabriclive 28', featuring everything from rock to electro to techno to hip hop. This dynamic mix seamlessly introduces a stellar blend of tracks, including several rare remixes from some of the biggest names on the underground, and even contains a brilliant remix of their own. Evil Nine is one of Marine Parade's brightest stars; their debut album 'You Can Be Special Too' was internationally recognized as a breakbeat masterpiece, achieving much acclaim and success from both critics and DJs alike. Evil Nine has collaborated with many remarkable artists; their colossal hit 'Crooked' featuring Def Jux's Aesop Rock was hugely popular on charts across the board.
02.TIEFSCHWARZ/VARIOUS - Fabric 29 (Fabric) [oiça aqui] Nota do editor: Fabric 29 is sent direct from Berlin, the most vibrant community in electronic music, by renowned house music duo Tiefschwarz. Brothers Alexander & Sebastian Schwarz are regarded as expert remixers with numerous credits to their name, including Masters At Work, Spektrum, Kelis, Fischerspooner and Goldfrapp. They have a solid sales base including many successful artist and compilation albums. The mix features an exclusive Tiefschwarz remix of the Depeche Mode track 'John The Revelator'. Other leading artists featured include Troy Pierce, Claude VonStroke, MANDY, Riton and Roman Flugel.
03.CUT COPY/VARIOUS - Fabriclive 29 (Fabric) [oiça aqui] Nota do editor: Like a reality TV star rushing a vanity biography to print, many bands take on a DJ career after making a name for themselves. Cut Copy rise high above the trend on "Fabriclive 29," a dynamic, fresh and conceptual approach to what will surely become a classic DJ mix. The 25 tracks bounce, groove, cut, pound, swell and throb together to form a compilation so infectious, every guitar-strapped indie kid will crave a pair of turntables and vice versa. This could be the soundtrack to the party no one's had the guts to throw, where Nu-wave vocals cling to punky guitar leads and swishy hi hats propel a four-on-the-floor synthetic stomp. Teasing in the scuzziness of Ciccone Youth and Grauzone, while keeping company with Goldfrapp's synthpop and a bottomed-out Justice remix (courtesy of Erol Alkan), Cut Copy engages the iconic 80s sound to dance alongside the filtered, French -Touch sounds of today. Brimming with foxy vocals, carefree and playful but never too kitsch, the mix frees sweetened space pop from any dancefloor confinements. The climbing basslines could make disco heels plod, tattooed arms flail and slicked rocker heads bang, each lost to the sounds of overdriven distortion panning from one ear to the next. The catchy mix is so bright - neon even - you'll find yourself madly in love, whether your heart lies in the disco or garage.

Artista da Semana




...Uffie Uffie Uffie is Ready to fuckggggggggggg

Nascida em Miami, Anna Catherine Hartley (18 anos) veio morar para Paris, apaixonou-se pela cena electrónica parisiense na qual conheçeu mister oizo, responsável pela sua incursão na vertente «electro», numa noite de amena cavaqueira, oizo pede a uffie para libertar uns vocais no seu estúdio, uma brincadeira que valeu a criação de dois grandes sucessos "Pop The Glock" & "Ready To Uff", bem ao estilo do miami bass, ambos foram editados para a Ed Banger, está também previsto para a mesma a editora o lançamento do album em 2007, as suas faixas foram remisturadas por Mr. Oizo e produzidas pelo seu namorado Feadz, abaixo fica a entrevista integral para a revista electrónica slices. Uffie My Space

Tuesday, August 29, 2006

Roni Size vem a Portugal...

Directamente de Bristol para as pistas de dança de Alcantara e Hard Club (Vila Nova de Gaia), vem o senhor Roni Size, nos 90's foi considerado o super herói do Drum & Bass, o seu estilo não encontra limites nem fronteiras. Na produção somam-se alguns projectos individuais e algumas colaborações ao lado de Krust, Suv, Dynamite & Die, criador do colectivo Reprazent »» em 1997 nasceu um excelente album, eclético por natureza, "New Forms" (1997, Talkin' Loud) nele é criado um conceito musical «arquitectónico», a erudicidade da batida drum & bass é como se não bastasse avivada por uma secção rítmica funk, jazz, jungle e break beat, com isto criaram-se cenários obscuros posteriormente eliminados por pequenos rasgos de luz vocal, próprios de uma subtileza e originalidade sublime. Faço minhas favoritas as faixas, "New Forms", "Lets Get It On", "Share The Fall", "Heroes"... Dia 8 apareçam nas docas de Alcantara no pavilhão C2, dia 9 de Setembro no Hard Club.

ArRange | Documentário Red Bull Music Academy



"Imagine three essential arrangers from the golden era of jazz and funk, locking down new masterpieces with the Northwest Sinfonia and rhythm section. Added to the mix, six beat makers who’ve raised the bar for hip hop and electronic soul in the 21st century. Sound like a dream? ArRange was a glorious reality, one magical night in Seattle. " [Para Ver Aqui]

Novidades @ Grafonola


5º Workshop de Jazz “Tavira em Jazz 2006”
Pete LaRoca - "Basra"
Miles Davis Cool & Collected
Lou Reed
Natalie Merchant "Tigerlily"

Sunday, August 27, 2006

Underground Resistance...



Directamente do mundo My Space aqui fica o trailer mais recente do número 3-6 da revista electrónica slices, entrevista exclusiva ao colectivo lendário de detroit, nascido em 1989 Underground Resistance é formado por diferentes agentes musicais, eles são: Drexciya, Marc Floyd, DJ Rolando, James Pennington, Blake Baxter, Chuck Gibson (Perception/Hi-techfunk) and Gerald Mitchell, DJ 3000, DJ Skurge, DJ Dex, DJ S2, The Vision, Buzz Goree, Suburban Knight, The Unknown Soldier, DJ Di'jital & Claude Young, o motor de arranque para o legado UR foi da responsabilidade de Michael Anthony Banks (aka: Mad Mike), principal entrevistado, por enquanto é tudo, em setembro há mais até lá oiçam boa música.Slices - The Electronic Music Magazine.

Labels:

Friday, August 25, 2006

STL - The Early Tracks


STL - The Early Tracks (Perlon Germany) [oiça aqui] Comentários: produzido por Stephan Laubner aka STL, posso adiantar que este é o primeiro projecto assinado a solo pelo artista, presentemente encontra-se também a trabalhar noutros projectos da sua própria etiqueta [Something Records]. "Getting Deeper", místico e sensual, pareçe ter sido concebido mediante batucadas experimentais de onde resultaram a reprodução de sons acidentais, organizados posteriormente numa partitura coerente, galvazinada a techno minimal; "Out Of My Head" é disco, electronik funk, dubby & fresh, linha musical extraordináriamente atmosférica; "That MNML Track" é daquelas faixas que nos fazem jogar as mãos bem para o alto, dançar é quase obrigatório, tem um groove minimal «puta que o pariu», funky até dizer chega (desculpem a sinceridade, é tão bom que dói lol), se chegaram a esta fase do maxi e tinham dúvidas se o compravam ou não, chega de ponderar, aqui têm a confirmação do que realmente é um must have, por isso dançem dançem...

Labels:

NIGHTMARES ON WAX - African Pirates rmxs


NIGHTMARES ON WAX - African Pirates (Warp Germany) [oiça aqui1] [oiça aqui2] Comentários: "African Pirates" é a laje final da trilogia Nightmares On Wax de edição vinyl tricolor limitada. Contém uma remistura de Troubleman aka Marj Pritchard, produtor vanguardista, transformou o african pirates numa viagem de 9 minutos de puro afro beat acompanhado por um potentíssimo orgão hamon e de melodias jazzísticas. JD73 aka Dan Goldman, assinou recentemente para a etiqueta Wax On (propriedade de George Evelyn a.k.a. DJ E.A.S.E.), dá com a sua reinterpretação, um sabor clássico downtempo à música, a remistura balança entre um funk/downbeat e um regime electrónico que promete assediar muitos ouvintes.

Wednesday, August 23, 2006

Raum Club Barcelona_Agenda


Escuta Obrigatória


RAWLS, J presents THE LIQUID CRYSTAL PROJECT - A Tribute To Dilla (Unique Germany) [oiça aqui] Comentários: projecto hip hop jazz, conta com a participação especial de Tiffany Page; cover de Slum Village's "Players"; J Rawls Web Site
CONFLICT - Confirmation & Departure EP (Soup Disk Japan) [oiça aqui] Comentários: experimental beats; downtempo groove; broken beat, jazz, funk & electronic vibes; contém uma remistura de DJ Kensei;
DJ CATALYST/LIFE BOOGIE - Don't Know (PR US) [oiça aqui] Comentários: broken jazz; funk, soul;

CAPITOL A_Starship Interpretation


CLYDE/CAPITOL A - In The [Re] mix (Sonar Kollektiv Germany) [oiça aqui1] [oiça aqui2] Comentários: Conhecido também por Antoine Green, Capitol A percorreu géneros como o deep house, hip hop, broken beat/jazz e tudo o que se possa vir encontrar no meio destas insígnias musicais. O seu trabalho não se estende somente à vocalização e à incorporação do estado de MC, Capitol A tem vindo também a trabalhar como dj para artistas como JAZZY JEFF, JOSH WINK & KING BRITT. Ocupa presentemente lugar de destaque ao lado de Clara Hill na sede Alemã do colectivo Jazzanova, onde colabora activamente com a rapaziada Slope (SK055). "In The Mix" teve a sua primeira «aparição» no Sonar Kollektiv 4 (SK070CD), agora eis que surge com uma nova versão entitulada de "Remix". "Serve It Up" é resultado de uma colaboração feita em 2003 com a britânica Mantis [MANT024], label de Atjazz, autor original da faixa, que lidera o For Real EP (SK088) editado para a sub label Innervisions . Como é óbvio, muita gente que se preze conheçe à muito a contagiante versão Hip House de serve it up, loucamente incontornável, o som contém um groove explosivo, passados quase quatro anos, ainda consegue fazer com que numa pista se libertem milhares de sorrisos, é bem sim senhores.

Brisa Nórdika


Já se encontra no activo o Nordik Bar, onde fica? ora bem lembram-se gente de Faro, do antigo ovelha negra? é mesmo aí (Rua do Capitão-mor 7 Faro), a decoração inspira intervenções de design minimalistas, apropiadas às correntes mais futuristas que se fazem ouvir por aquelas bandas, passar por lá e ficar para saborear a música é um acto obrigatório. E já agora como quem não quer a coisa, no dia 25 de Agosto (sexta-feira), vai haver uma sessão de break beat e drum & bass liderada por DJ_Sir_Aiva, apareçam!!!!!!

Tuesday, August 22, 2006

Domenico Ferrari |Recomenda-se


Domenico Ferrari -Supertaste (Straight Ahead) [oiça aqui]Comentários: Natural de Zurique, Domenico Ferrari surge com mais uma produção electro soul, com um toque de pop à mistura, faz uso de instrumentação e vocais típicos da cena de Detroit. Para terem uma ideia do seu trabalho, já editou para a germânica Compost, Plush, Jaboo. "Supertaste" (2006) é o sucessor de "Commute", só já resta dizer que o gosto de Domenico pelo groove jazzístico é transfigurado positivamente para as suas produções. Neste álbum podem encontrar semelhanças em artistas como Jimmy Edgar e Zoot Woman.

Party People #02



NY back in the old days, club 54 sem comentários

Fruta Fresca

Andy Scott - The Nervous EP (Modern Love) Comentários: minimal tech house
Swat Squad - Escoria (remixes) (Trapez Germany) Comentários: minimal tech house; remisturas de Audio Werner; Ryan Crosson; Franklin De Costa;
Kate Simko - Strumm (Kupei Musika) Comentários: minimal tech house; remisturas de Jonas Bering (Kompakt), UNAI (Disco, Inc.) and Tomi Kiiosk (Kupei);
Matt Star - Art Of M (Weave Germany) Comentários: minimal tech house; superb dancefloor killer;
Luci - Rapatapaton (Mutek Canada) Comentários: minimal tech house;
Hardfloor - Tugger (Hardfloor Germany) Comentários: minimal acid tech house;
Todd Bodine - Internal Funk EP (Treibstoff Germany) Comentários: minimal tech house;
FOSTER - Loud Minority (Drumpoet Community Switzerland) Comentários: deep tech house;
SHAHROKH/SOUND OF K - Owlflight (Compost Germany) Comentários: broken beat, deep tech house;

Saturday, August 19, 2006

Novidades|Flur


AUDION/ELLEN ALLIEN
Just A Man/Just A Woman
12" Spectral
[oiça aqui]
gggggggggggggg
ggggg Matthew Dear e Ellen Allien dividem um maxi com as suas produções mais profundas até á data! Deep techno a superar a ideia de minimal. Em «Just A Man», Audion (Matthew Dear) fica meio Chicago aos 2 minutos, mas nunca old-school. O contratempo rítmico na faixa é em dub, e algures no jogo de ecos está a amplitude do som de Audion. Ellen Allien faz uma versão mais pausada do mesmo tema, escura mas com horizonte amplo, também com um toque old-school a surgir por cima de uma das quebras. Sente-se um padrão house clássico mas está lá apenas em espírito. Allien apresenta o seu original, «Just A Woman», no outro lado: um longo e multiplicado bleep define a atmosfera por cima de um beat ultra-preciso. Escutando com atenção, o ritmo decompõe-se em diversas parcelas minúsculas. Talvez o melhor que já ouvimos de Ellen Allien. Retribuindo, Audion faz uma versão de «Just A Woman» que, ritmicamente, parece «Panikattack» de Plastikman. Completa o ambiente negro das 4 faixas no maxi com o que parece uma sirene de nevoeiro a cortar a densidade da música até que depois se confunde com ela. De novo, são os ecos que provocam arrepios de gelo mas também algumas das emoções mais fortes nesta música.
[flur mailing LUST #238 18 agosto 2006]

Friday, August 18, 2006

Destaque Semanal


AMP FIDDLER - Right Where You Are 8 (Genuine) [oiça aqui] Comentários: raw tech soul funk; inclui remisturas de Tom Middleton (visão atmosférica) & Hot Chip .
COLDCUT feat ROBERT OWENS - Walk A Mile In My Shoes (Ninja Tune) [oiça aqui] Comentários: título agora remisturado por Timo Garcia + The Chesire Catz & amp; Tom Belton; não são reinterpretações muito felizes, cá para nós o original tem aquele touch especial o resto é conversa;
ATLANTIC CONVEYOR feat HABIBUR ROMMAN - Open Your Soul (Kartel) [oiça aqui] Comentários: Disco, Dub and Hip hop são os três elementos que regem esta produção; autoria de Steve Harris and Tubbs; Kartel Creative
QUANGO - Frantic Moment EP (Deeeper Soul) [oiça aqui] Comentários: brokenbeat, jazz, funk soul, house garage; vocalizado por lady Eska & Heidi;

Thursday, August 17, 2006

Album da Semana


SEQUEL - Sequel (Gusstaff Poland) [oiça aqui] Comentários:experimentalismo musical antagónico, é romântico, é moderno, é jazzístico, é electrónico; som descontruído e remontado numa linguagem poética vanguardista, faz lembrar por vezes Matthew Herbert ou então Krzysztof Komeda; Não confundir com a dupla sequel natural de zurique que editou para a sonar kollektiv no ano de 2004; Michal Jacaszek: Born in 1972 ! He started his music adventure from illustrating poetry. In 1998 he released two CDs with Waldemar Slefarski poems "Wiersze zmieszane" and young polish poets anthology "Rocznik dzwiekowy" .. In 2001 he recorded album with songs of Milka Malzahn , "MAPA". It was reviewed in the music press as a "trip hop singing poetry ". The album was released in 2003 (OFFMUSIC Rec). In 2003 a "LEM koncept" project came to daylight. It has a form of broadcast play, but performed live with an actor reading texts of Stanislaw Lem (RIP) and Jacaszek playing music. In 2004 Jacaszek released "Lo-Fi Stories " (GUSSTAFF REC.) He presented the album as a live performance all over Poland. In 2005 a second album with Milka Malzahn was released. (GUSSTAFF Rec). "SEQUEL" is a continuation of joining together modern electronic music and "singing poetry". It's an album of songs performed by poet Milka Malzahn. This is a kind of "singing poetry" where poetic text exists together with modern electronic music. Their first album "MAPA" was called a "poetic trip hop". "SEQUEL" could be named a "poetic electronic swing" , but this is of course too simple description. "SEQUEL" is a music story of lost, broken or unfinished love, of feelings, images, and dreams.. Milka sings beautifully in polish language of course, what gives a unique slavic atmoshere and is probably exotic for non-polish listeners. The album had very good reviews in polish press, sometimes it was compared with Matthew Herbert, sometimes with Krzysztof Komeda, and it's right: the songs have jazzy-influences, the sctructures are close to old polish jazz from 60's and even one lyric is about an episode from the movie "Knife In The Water"... Jacaszek has recorded it with a real band (double bass, guitar, drums, flute) and performs sometimes live with them and sometimes only with Milka... Matt Elliott (Third Eye Foundation): "The Sequel release is more evidence that electronic music need not be clinical or devoid of emotion, beautifully produced, revealing many styles of music all interwoven beautifully & concisely. Beautiful vocals which work perfectly with the music which at times sounds almost latin American & at other times Baltic & almost every style in between but without sounding contrived & all honed with the same delecate thread"

Zé dos Bois Apresenta


Variable_Geometry_SessionsV
Orquestra VGOA música produzida pela Orquestra da Geometria resulta do jogo do material acústico versus o electrónico, numa contínua busca de pequenos detalhes e significados - o som rompe do silêncio para nele voltar a megulhar...Com esta organização formal do caos, tenta-se aplicar novos conceitos de indeterminação e composição instantânea, através da erupção assimetricamente alternada de momentos de som e silêncio (ausência de som identificável) com predominância para estes últimos, seja pela emissão de sons de características subliminares e psico-acústicas, seja pela completa ausência de sons, permitindo assim aos músicos recuperar o seu ritmo natural de respiração e sentido aleatório de pulsação, bem como escutar toda a espécie de acontecimentos sonoros que estejam a ocorrer nesse preciso momento no espaço envolvente, ou então “simplesmente” escutar o que outro músico tenha começado, entretanto, a fazer, sem a preocupação de responder imediatamente e assim encher de forma inútil o espaço sonoro.
Sábado dia 23 de Setembro às 23h00

Wednesday, August 16, 2006

Manifesto Urbano


Eu Manifesto.Tu Manifestas.Ele Manifesta.
Eu Manifesto.Tu Manifestas.Ele Manifesta.
Somam-se mais de 10000 visitas ao mundo urbano, muita coisa passou por este pequeno mundo virtual durante um ano e poucos meses, falou-se de muita música, eventos, livros, revistas, design, arte, exposições, concertos, fotografia urbana e afins, no entanto peço-vos sugestões, o que gostariam de ver aqui falado, algum género musical ou artístico que por desconhecimento/lapso não tenha merecido uma referência da minha parte? É possível que no meio de tanta informação que procuro todos os dias partilhar convosco que algo me tenha passado ao lado, afinal de contas quem mete os pontos nos i's aqui sou só eu mesmo, sozinho, alone by my self. Era bom que participassem :) Transmitam opiniões (são importantes), sugestões para que o blog cresça tanto em conteúdo como também em qualidade... saudações electrónicas, oiçam música, façam arte, sejam vocês mesmos, pratiquem sexo seguro, peace!

Inspiração


Depeche Mode, no more words...

Tuesday, August 15, 2006

No My Space...

Nos últimos tempos juntaram-se ao mundo urbano/myspace os seguintes nomes:
Thomar [Electronica /IDM /Industrial]
http://www.myspace.com/thomartmr
"Over 800 years of History. A small town living in the past. A group of people designing the future. NOW! "
ISO50 is the visual work of San Francisco-based artist and musician Scott Hansen. Hansen also records as Tycho for miami-based Merck Records and Canada's Cyclop Records.
For more images and info visit: ISO50.com
To purchase ISO50 / Tycho posters and shirts: shop.iso50.com
For more of Tycho visit: tychomusic.com
Tycho on Myspace: myspace.com/tycho

INNERVISIONS presents ATJAZZ - For Real EP (Sonar Kollektiv Germany) [oiça aqui1] [oiça aqui 2] Comentários: Martin Ivenson aka Atjazz, o artista deu os primeiros passos na sua carreira produzindo músicas para jogos de computador, o sucesso crescente de Martin possibilitou a abertura da sua própria label, Mantis Recordings,por lá passaram nomes como Joakim, Chateau Flight, Dixon, Brooks,Kimra, Magic Number,Herbert, Phil Parnell, entre outros... a editora é referida no dvd da revista electrónica slices de 2005. "For Real EP" é uma produção para a sub label da germânica Sonar, contém duas faixas com raízes Old School que prometem fazer mexer qualquer um, o ouvinte poderá rever no EP o estilo de Chez Damier ou Ron Trent ; deep tech house; Sonar Kollektiv/Atjazz
BONOBO - Nightlife (Ninja Tune) [oiça aqui1] [oiça aqui2] Comentários: Simon Green é o homem que se apresenta como Bonobo para a Ninja Tune , é portador de um estilo musical dito laid back, não se acanha no que diz respeito a misturar broken beat com ritmos latinos, funk, soul & Jazz, não esqueçendo um pouco de psyche rock e o energético drum & bass. A reputação de dj internacional valeu-lhe a partilha de musica com audiências gigantescas nos EUA e Canada. Para além da ninja tune (Dial "M" For Monkey 2003), editou também para a Tru Toughts (Animal Magic 2001), Fly Casual, Certificate 18, Beat Records. "Nightlife" (ZEN 7189), conta com participações especiais de Bajka e Fink, denota-se o cruzamento de sonoridades downtempo avivadas pelo revivalismo do funk. Bio Aqui
MICAH - Revelation (Accidental) [oiça aqui] Comentários: "Revelation" serve de prelúdio à edição do álbum "Everything" sob alçada da Accidental Records (label de herbert). Conta com participações de Jammie Lidell e Mathew Herbert. Micah Gaugh (cantor e saxofonista), natural do texas, é o mais recente talento Nova Iorquino, declama o jazz como só ele sabe, revela uma capacidade subtil de conduzir o ouvinte numa viagem introespectiva, é um estado de mente original, orgânico e moderno. Micah/My Space