Click to visit pocast

Wednesday, March 14, 2007

LCD SOUNDSYSTEM


LCD SOUNDSYSTEM - Sound Of Silver (DFA UK) Comentários: A musicalidade de James Murphy é uma caixa aberta ao conhecimento, como tal serve de suporte a um conjunto de instrumentos variados que lhe permitem aceder aquilo que denominamos de ser inspiração, essa fonte directriz converge a entidades que transmitem em Murphy a "influenza" necessária para proceder à produção da sua matéria, elas são bastantes até mesmo variadas, vocalmente consegue-se extrair alguns laivos de Brian Eno & Mark. E. Smith (na roquidão flamejante do ideal Punk). Estruturalmente encontramos reminescências de Tom Tom Club, ESG, Talking Heads, The Modern Lovers... Podemos ainda estender mais um pouco a lista a nomes como Velvet Underground e Giorgio Moroder, este último conduziu notóriamente o artista à faixa introdutória "Get Innocuous" do mais recente trabalho "Sound Of Silver", já em "American Scum", é retratado os vestígios de uma crise algo existncialista que toma como pano de fundo a presente condição política da sociedade Norte Americana. LCD Sound System é a obtenção de um som próprio, rápidamente reconhecido após o soar de algumas batidas, esse feito verificou-se com distinção em 2005. Em 2007 Sound Of Silver, repete a fórmula disko-punk-funk, a mesma é validada pelo "accent" electrónico, baixos corpulentos com elementos orgânicos de Rock Indie e Punk. O valor da repetição nas produções de LCD é mais uma nota humorística longe de ser considerada previsível ou enfadonha, é isso mesmo que nós queremos, que James Murphy mantenha essa capacidade inata de supreender sem que a sua sonoridade pareça cristalizada ou fora do prazo de validade, por isso toca a dançar. Disponível desde o dia 12 de Março nos formatos CD e vinil duplo; No dia 19 de Março vai ser também lançada uma versão especial japonesa, onde figuram tres faixas que não constam na edição da DFA: "North American Scum" (Kris Menace dub), "North American Scum" (Onastic dub) "Hipper Priest Bum-Out". [Para Ouvir]

2 Comments:

Blogger electriklife said...

Craig Roseberry | March 01, 2007
New York’s favourite son, James Murphy, returns with the follow-up to his universally acclaimed, self-titled 2005 debut. Sound of Silver finds the Grammy-nominated producer/remixer, label head and DJ waxing poetic and expanding on his signature sound to deliver a fiery collection of infectious tunes heaving with hypnotic, percussive beats, throbbing dirty bass, pulsating synths, crystalline melodies and abstract funk. Taking cues from artists like Buzzcocks, early Human League, Arthur Russell and Gang of Four, Murphy constructs an explosive long-player swelling with boundless originality and razor-sharp wit. Stand-outs include the irresistibly sleazy “Get Innocuous,” the simmering electronic syncopation of “Someone Great,” “All My Friends” (a nostalgic, alterna-pop reflection), the punk-edged “Watch The Tapes” and the breathtaking closer, “New York I Love You But You’re Bringing Me Down” (a withering dirge on the death of New York’s glory days recalling vintage Lou Reed, Bowie or Tom Waits). Sound of Silver is a masterful tour-de-force that should propel LCD Soundsystem into pop music infamy.

BPM MAGAZINE

Friday, 16 March, 2007  
Anonymous Joana said...

i just can't get enough, é bom demais... boa bruno, kisses***

Friday, 16 March, 2007  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home