Click to visit pocast

Wednesday, May 25, 2005


wicked Posted by Hello

Wicked Art - Shibari

Hoje a caminho de um telheiro de Santa Catarina (Fonte do Bispo - Algarve) deparei-me com esta estranha forma de arte; achei estranho, visto estar fora de qualquer contexto, o que não lhe retira qualquer tipo de valor ou de qualidade; seja qual for a intenção do seu autor, conseguiu supreender-me, perante aquela imagem, vi-me a viajar para as distantes terras asiáticas, mais própriamente, o Japão, pois, esta brincadeira, happening, ready made, como lhe queiram chamar é quase uma inspiração nas artes fetichistas do "shibari".
Links (só para adultos)

Tuesday, May 24, 2005


Inverse Cinematics EP Posted by Hello

Inverse Cinematics 12"

Artist
INVERSE CINEMATICS
Label:
Pulver Germany

1.
MP3
WMA
"Airways"
2.
MP3
WMA
"It's Music" (Nightshift meets Nujazzsoul remix)
Side 2
1.
MP3
WMA
"Detroit Jazzin'" (Dublex Inc remix)
2.
MP3
WMA
"Create My U Inverse"

Saturday, May 21, 2005


ambientes urbanos... Posted by Hello

Ambientes Urbanos Vol.1

Sarah McLachlan

remixed by: Rabbit in the Moon
sample
play
mp3(5.4 MB)wma(5.4 MB)
------------------------------------
Jeff Sharel : Conte D'Automne


sample
play
mp3(3.7 MB)wma(3.7 MB
------------------------------------
Underground Evolution: Smoke and Mirrors

sample
play
mp3(7.5 MB)wma(7.6 MB)
------------------------------------

arte ou pornografia? Posted by Hello

Pornografia vs Arte

Será a pornografia uma forma de arte?
Definição: representação de elementos de cariz sexual explícito, sobretudo quando considerados obscenos, em textos, fotografias, publicações, filmes, ou outros suportes; produção de filmes, revistas ou outros elementos de cariz sexual explícito, considerada como uma indústria;
Muitos artistas e pensadores contemporâneos defendem a ideia que a pornografia será uma forma de arte alternativa...
O que pensam vocês? Passo a provocação...

Thursday, May 19, 2005


foto4 Posted by Hello

foto3 Posted by Hello

foto1 Posted by Hello

ARQUITECTOS ITALIANOS EM PORTUGAL

No final dos anos 80 verifica-se um novo fenómeno estimulado pelos programas comunitários: a mobilidade dos estudantes universitários na Europa. Em Portugal, arquitectos actualmente reconhecidos, funcionaram como pólos de atracção para a formação de uma geração de jovens arquitectos italianos. Alguns acabaram por ficar e trabalham em Lisboa, Porto e em S. joão da Madeira.Esta exposição pretende mostrar os seus percursos, os seus trabalhos e ao mesmo tempo questionar o signifacado de ser arquitecto num outro país.
O projecto expositivo è constituido por módulos independentes e individuais, onde cada participante expõe um projecto e uma maqueta. Tratando-se de módulos móveis, são facilmente adaptáveis a diferentes tipologias espaciais, cuja área varia entre 200 m2 e 600 m2. Estes módulos, no seu agrupamento têm como ojectivo criar um ou mais percursos que culminam na projecção do documentário, concebido especificamente para a exposição. Assim, através da intervenção dos autores dos projectos melhor se compreenderá a filosofia da exposição.
http://www.expoarquitectositalianos.web.pt/

Wednesday, May 18, 2005


agosto Posted by Hello

Jamiroquai no Algarve - Agosto 2005

O grupo Jamiroquai regressa a Portugal para um concerto único a realizar dia 13 de Agosto, no Festival Sunrise, no Algarve, anuncia o seu ‘site’ na internet.

O evento realiza-se “entre a praia dos Tomates e a Aldeia das Açoteias”, conforme avançou ao CM o presidente da Câmara de Albufeira, Desidério Silva, sem, no entanto, confirmar a notícia. Jamiroquai vem mostrar o último disco, ‘Dynamite’.

In CM

Monday, May 16, 2005


casa da musica2 Posted by Hello

casa da musica 1 Posted by Hello

Casa da Musica 21 de Maio

Sala1

Nitin Sawhney

Produtor, compositor, DJ, multi-instrumentista, argumentista, actor e escritor são alguns dos talentos reconhecidos de Nitin Sawhney. A sua música é uma celebração das espécies, das raças, das culturas e da vida. No regresso a Portugal, Nitin Sawhney traz o novíssimo «Philtre» que nos proporciona uma viagem através da cultura indiana, da música clássica, do flamengo tradicional, do blues, do soul e do R&B.

Sala 2

Warp Rec Night

Numa noite dedicada à editora Warp Rec, as propostas são variadas: um live act de Chris Clark, projecções multimédia de Flat-E, um set AV de Ultre, N>E>D (Warp HDJ), e ainda a estreia do último vídeoclip de Aphex Twin, realizado por Chris Cunningham, intitulado «Rubber Johnny». Na Warp Rec desde 2001, Chris Clark estreou-se com «Clarence Park» mas é com «Empty the Bones of You», a apresentar na Casa da Música, que o artista de facto conquistou o seu lugar no mundo da electrónica. Para além deste, há ainda tempo para ouvir o DJ/produtor N>E>D (a.k.a. Ned Beckett) com um set dedicado ao "acid disco".

Chairs - Icons Posted by Hello

1000 chairs Posted by Hello

DESIGN!!!

Sendo um incontornável fanático por tudo que demonstre "design", não podia de deixar duas notas biliográficas sobre 2 autores distintos que compilam (diacrónicamente) um vasto conjunto de objectos de Design ...

Sunday, May 15, 2005


Amon Contact Posted by Hello

AMMON CONTACT

Format:CD
Artist
AMMON CONTACT
Label: Ninja Tune
Cat Number: ZENCD 105
Released: 16th May, 2005
Genre: Jazz/Broken Beat/Trip Hop
Playlist:
MP3 WMA

Classificação: 4 estrelas

Saturday, May 14, 2005


Publicidade Posted by Hello

O racional e o criativo na essência da publicidade

"[A criatividade em Portugal] já foi melhor e agora está numa fase má. (...) Com a desculpa da crise não se tem arriscado. A culpa é dos anunciantes e das agências"
Autora e coordenadora de algumas das mais conhecidas e premiadas campanhas de publicidade produzidas em Portugal, Judite Mota explica ao DN qual o racional e o criativo (dois conceitos-chave na comunicação publicitária moderna) subjacente às campanhas da Caixa Geral de Depósitos (CGD), Hyundai e ONI. Para a CGD, "o conceito central da campanha de reposicionamento parte de um insight (reflexão interna)".
A questão é tão "simples" quanto a "surpresa que sentimos quando alguém jovem e moderno é cliente da Caixa. Este é o conteúdo, mas a forma não foi menos importante neste caso, já que as entrevistas são feitas num tom de conversa entre amigos, que revelam facetas pessoais e até íntimas", explica a criativa. "Todos os detalhes foram tratados com cuidado a música, a escolha dos testemunhos, sendo que todos são realmente clientes da Caixa", acrescenta Judite Mota. "Este lado de verdade, de vida real que passou para os filmes de produto é o que torna as campanhas da Caixa mais fortes", remata.
À pergunta "como é que conseguiram mudar a mentalidade da CGD, fazendo uma comunicação tão moderna?", Judite Mota responde "Eles estavam prontos para mudar. O mérito é mais deles, por terem aceite a nossa proposta, do que nosso em termos proposto". "Esta é uma campanha de que as pessoas falam. Aí, sou directora criativa, redactora, tudo...", adianta Judite Mota, que a define como "muito emocional". "O mais engraçado é que isso estava previsto na nossa estratégia. Era um dos pontos.
A campanha destina-se a toda a gente (clientes e não clientes), mas tinha o objectivo muito importante de voltar a valorizar quem é cliente da Caixa. É tão fantástico ouvir as pessoas dizer 'sinto-me orgulhosa da publicidade do meu banco'", diz a directora criativa da Bates Red Cell. Quando à Hyundai, a campanha parte do facto de o modelo Hyundai Matrix ser o preferido pelas mulheres com filhos. Para combater o mito de que as mulheres não são seduzidas pelas motorizações dos carros "tudo depende da forma como abordarmos o problema.
O tratamento da moda, as referências bem dispostas à realidade de quem tem filhos com as quais o target se identifica imediatamente foram a solução para a campanha", descodifica a criativa.Já quanto à ONI, que lançou um novo produto, o Oniduo, um pack que junta Internet e telefone fixo, a campanha vive em dois momentos. "Numa primeira fase criámos a ideia de que há coisas que fazem mais sentido juntas, como o bife e as batatas fritas, e, nesta segunda fase, construímos sobre um insight de consumidor muita gente não tem Internet em casa e utiliza a do local de trabalho. Daí o Executivo que tem de ser arrastado para fora do escritório", elucida Judite Mota. O recurso ao humor foi a fórmula escolhida.Vencedora de prémios em festivais como CCP, Cannes, Eurobest, Épica, Cresta, entre outros, a criativa da Bates confessa que o seu maior desafio é fazer uma campanha para a The Economist.
IN DN.

Thursday, May 12, 2005


dance club Posted by Hello

Wednesday, May 11, 2005


Mundo Urbano Posted by Hello

Tuesday, May 10, 2005

Mundo Urbano

E assim nasce um espaço alternativo, sem regras, de livre expressão... a Dance Music, a Arte, Design, Arquitectura, Moda... ganham uma nova atitude! Este blog crescerá também com o vosso apoio... ideias, temas, são sempre bemvindos!