Click to visit pocast

Wednesday, February 06, 2008

BARON ZEN - At The Mall (remixes)


BARON ZEN - At The Mall (remixes) (Stones Throw) Comentários: Haverá sempre alguém com algo para mostrar que nos fará pensar mais direito sobre as linhas que vemos como certas entre um e outro período. Tudo cai quando aparece um ponto, no meio, que traz mais clarividência à ligação entre extremos, embora essa novidade não tenha sido realmente uma influência. Dá um certo gozo perceber que as evoluções, os regressos, os revivalismos nem sempre são assim tão bruscos. É assim com os Arkansaw Man, que pouco gravaram, mas no início dos anos oitenta estavam dez anos à frente dos Slint, juntando o minimalismo dos Young Marble Giants com a geometria dos Television. Vinte minutos de estúdio e poucas cópias editadas não chegaram para fazer história, mas hoje sabe bem aprender e reavaliar. Baron Zen é Sweet Steve, um feliz anónimo que entre 88 e 92 gravou o que agora é «At The Mall», enquanto recusava editar, dar concertos e qualquer tipo de publicidade. Entre o punk e o disco, Baron Zen parece hoje o elo perdido entre P.I.L. e LCD Soundsystem, Diplo, M.I.A. e Datarock, nem sempre deixando claro o que é apuramento pop ou o que é simplesmente rude ou cru. Inventou covers para Joy Division, Gap Band, Katrina and the Waves e Debbie Deb, no meio de alguns originais, e agora a crew da Stones Throw resolveu dar uma volta a todos os temas de «At The Mall», álbum que Peanut Butter Wolf (colaborou na altura com Baron Zen) decidiu inventar em 2006 em tons de recuperação da genialidade do amigo. «At The Mall: Remixes» é uma ideia mais actual e depurada do original, deslocado do contexto disco/punk e puxado para o hip-hop, género também sentido e referenciado nos temas originais, embora reflectido com algum distanciamento. E é nessa distância, uma quase negação da cultura de DJ, que gente como Madlib, J. Rocc, Danny Breaks ou Arabian Prince pegam para sugar ao limite todo o flow que Baron Zen omitia na esquizofrenia das suas produções. O segundo CD contém o álbum original e mais alguns bónus. A experiência é irreal, agora em 2007, mas obrigatória para quem passou este século encantado com LCD Soundsystem. in flur [Para Ouvir/Samples]

Labels: , , ,

2 Comments:

Blogger r.b.S said...

Como todas as opiniões contam, aqui ficam as minhas impressões (publicadas no Bodyspace) sobre este mesmo disco: http://www.bodyspace.net/album.php?album_id=1236

Thursday, 07 February, 2008  
Blogger subtilezas said...

xuxuzinho, isto parece mesmo a minha cara. bora lá passar para a menina? veijos vons nessa voxeixa voa

Thursday, 07 February, 2008  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home